Novos procedimentos para a inscrição de atletas estrangeiros

 

Os clubes filiados, antes de iniciar o processo de inscrição de qualquer jogador estrangeiro - aqui excluem-se os cidadãos da União Europeia (Registo de Cidadão da União Europeia) e do Espaço Económico Europeu (Islândia, Liechtenstein e Noruega) bem como da Suíça, uma vez que todos beneficiam da livre circulação de pessoas no Espaço Europeu – devem aferir da sua situação em termos de Autorização de Residência no nosso País.

No caso de um atleta, nas condições acima mencionadas, não possuir Autorização de Residência em Portugal, só poderá ser inscrito, em duas situações, devidamente comprovadas documentalmente:

  1. a) Entrega da Manifestação de Interesse, juntando todos os documentos anexados ao processo e comprovativo de entrega no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). Se a manifestação de Interesse for submetida através do portal do SEF, para além dos documentos anexados, entrega de comprovativo de submissão no Portal;
  2. b) Entrega de Visto de Entrada Temporária (Tipo D), de acordo com o Artigo 54º, número 1 da Lei 23/2007 de 24 de julho.

As inscrições de jogadores estrangeiros, amadores ou profissionais, que não estiverem documentalmente suportadas, como descrito, não serão aceites pelos serviços da Associação de Futebol do Algarve, que está disponível para qualquer esclarecimento através dos contactos telefónicos 289 887 490, 914 589 761 e 965 837 979 ou do endereço de correio eletrónico Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .

02.08.2019