AF Algarve reduz receitas em 117 mil euros para apoiar os clubes

A Direção da Associação de Futebol do Algarve (AF Algarve) previu uma redução de receitas na ordem dos 117 mil euros no Plano de Atividades e Orçamento, com parte significativa desse valor a reverter para os seus clubes filiados na época desportiva 2020/2021.

Solidária com as dificuldades que os clubes atravessam em face dos efeitos da pandemia de Covid-19, a AF Algarve vai aplicar na presente época um pacote de medidas que inclui uma redução de 50% no valor das quotas de inscrição das equipas, de 15% nos montantes relativos às quotas de inscrição de jogadores e 25% no valor dos cartões de atleta e de agente desportivo. Somam-se ainda outras medidas de incentivo ao desenvolvimento do futebol e do futsal feminino, bem como do escalão de juniores de futsal.

Este pacote de medidas foi já votado favoravelmente e por unanimidade pela Assembleia Geral da AF Algarve numa sessão em que também se aprovou o Plano de Atividades e Orçamento da Associação para a nova temporada.

A AF Algarve continua permanentemente atenta à evolução da questão sanitária e a estudar a possibilidade de implementar novos incentivos à prática do futebol, do futsal e do futebol de praia na região.

Cientes da exigência a que o momento obriga, é fundamental que as entidades competentes possam criar condições para que as competições amadoras se realizem de forma segura e, simultaneamente, sustentável, nomeadamente nos escalões de formação, através dos quais milhares de jovens atletas prosseguem o seu desenvolvimento em benefício de uma sociedade mais ativa e saudável.

13.08.2020